Friday, April 22, 2011

Afinar seu violão




A dificuldade do iniciante é que as cordas normalmente são contadas invertidas. Aqui vamos introduzir um novo conceito de nomenclatura de cordas de violão.

Para não confundirmos mais a nomenclatura, iremos chamar a nomenclatura antiga de inversa, e a nova de direta. A diferença se dá apenas na contagem da numeração das cordas. Então, na nomenclatura inversa você conta as cordas como 6ª, 5ª, 4ª, 3ª, 2ª e 1ª, de cima para baixo. Na nova nomenclatura, a direta, as cordas são contadas de cima para baixo como 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª e 6ª. Vamos para a prática da afinação:
  1. 1ª corda (MI) ou Mizão: Pulamos a primeira no momento. Veja porque adiante.
  2. 2ª corda (): Para afinar seu violão, comece da 2ª corda (a segunda de cima para baixo). Ela precisa de uma referência externa, normalmente pode-se utilizar o som da chamada do telefone, que é de 440 hz. Uma vez afinada, vá para a terceira corda.
  3. 3ª corda (): Basta posicionar o dedo no 5º traste da 2ª corda, e equiparar os sons da 2ª corda com a 3ª corda solta. Quando os ouvidos indicarem que são similares, está afinada. Passa-se á quarta corda.
  4. 4ª corda (SOL): A 4ª corda deve ter som similar à 3ª corda () tocada no 5º traste.
  5. 5ª corda (SI): É similar em som à 4ª corda (SOL), no 4º traste.
  6. 6ª corda (MI): ou Mizinha, tocada solta tem o som da 5ª corda (SI) tocada presa no 5º traste.
  7. 1ª corda (MI): ou Mizão, é a corda inicial (ou superior) do violão. Tocada solta tem o som da última corda (a 6ª corda ou mizinho) porém uma oitava abaixo. Mesmo sem entender oitavas, o ouvido humano é capaz de identificar estes dois sons como "semelhantes"! Pronto, violão afinado!

No comments: